Armazenagem e estocagem são conceitos usados na área de logística e se referem a formas de guardar produtos e mercadorias enquanto aguardam sua destinação, seja para a indústria, seja para o cliente final.

Porém, embora sejam usados muitas vezes como sinônimos, esses conceitos têm significados diferentes. A estocagem se refere especificamente à guarda de matérias-primas, produtos e mercadorias para a logística, enquanto a armazenagem é mais ampla e engloba todas as operações envolvidas no armazenamento desses itens.

Ok, pode parecer confuso, mas estamos aqui para esclarecer esses conceitos. Agora, vamos ver qual a diferença entre armazenagem e estocagem e quais são as principais práticas envolvidas nesses processos. Siga conosco!

O que é estocagem?

Um bom controle da estocagem é excelente e fundamental para um bom armazenamento.

Estocagem é apenas uma das operações de armazenagem e se responsabiliza especificamente pela guarda de matérias-primas, mercadorias e produtos antes da sua destinação. Basicamente, quando falamos de estocagem, estamos falando do local, ambiente físico, em que ficam os produtos até a sua distribuição.

Entre as operações de armazenagem, a estocagem é também a que busca assegurar níveis adequados desses itens no estoque.

O estoque deve ser capaz de garantir a disponibilidade de produtos e atender às demandas para as quais se destinam — da indústria, para a fabricação de produtos, ou de clientes, para a entrega de pedidos. Mas o estoque também deve evitar o excesso de mercadorias para não gerar custos desnecessários ou perdas por obsolescência ou deterioração.

Para isso, é preciso realizar a gestão de estoque, que faz previsões de demanda, cálculos de estoque mínimo e máximo, registros de controle, conferência, entre outras atividades.

Além disso, a estocagem deve garantir a segurança dos estoques, não apenas contra furtos e extravios, mas também para prevenir acidentes e danos físicos.

Métodos de estocagem

Para garantir a eficiência da estocagem, as empresas podem trabalhar com três métodos principais. A intenção é não deixar os produtos parados no estoque, que podem representar prejuízos para o negócio. São eles:

  • FIFO (First In, First Out): nessa estratégia de estocagem, os primeiros produtos que entram no estoque serão os primeiros despachados. Geralmente é usado com produtos de maior prazo de validade ou não-perecíveis.
  • LIFO (Last In, First Out): ao contrário do FIFO, essa estratégia define que os últimos produtos que entraram no estoque serão os primeiros a sair. É focada em estoques de curta permanência, com alto giro de mercadorias.
  • FEFO (First Expired, First Out): essa estratégia é baseada na validade do produto para evitar que expirem. Os produtos com data de validade mais próxima são os primeiros a saírem, sem considerar há quanto tempo estão no estoque.

O que é armazenagem?

Diferenciar armazenagem e estocagem é essencial para as empresas.

Armazenagem são todas as operações envolvidas na logística de matérias-primas, mercadorias e produtos em pontos de guarda e distribuição. Ou seja, quando falamos de armazenagem, estamos falando de todas as operações desenvolvidas pelos pontos de distribuição de produtos e mercadorias de uma empresa.

De maneira geral, a armazenagem envolve as seguintes operações:

  • Recebimento;
  • Endereçamento;
  • Estocagem;
  • Picking;
  • Expedição.

Todas essas atividades são necessárias para garantir a armazenagem adequada dos materiais. Assim, a empresa pode movimentar as mercadorias com mais eficiência, nos prazos previstos e com o melhor uso dos recursos para cumprir suas demandas. Portanto, é um dos processos mais importantes para a logística das empresas.

A armazenagem pode acontecer em armazéns, geralmente pensando no longo prazo, ou em centros de distribuição, para movimentações mais rápidas de mercadorias. Muitas vezes, um armazém ou CD tem mais de um estoque, de diferentes produtos e empresas. Existe também a opção dos self storages, como veremos mais adiante.

Tipos de armazenagem

Para você entender melhor o que é armazenagem, vamos ver agora quais tipos existem:

  • Armazenagem própria: a empresa se responsabiliza pela armazenagem dos itens que detém. Ela pode ter armazéns próprios na sua sede ou alocados fora da empresa, para otimizar a distribuição.
  • Armazenagem contratada: a empresa faz a gestão de processos e mão de obra envolvida nas operações, mas a armazenagem acontece em espaços físicos contratados.
  • Armazenagem terceirizada: a empresa terceiriza toda a armazenagem, incluindo o espaço físico e os serviços envolvidos, com uma empresa parceira.

Bom, agora você já conhece melhor os conceitos de armazenagem e estocagem. Muitas vezes, eles são usados como sinônimos, mas é importante definir as diferenças entre eles para planejar e organizar os processos da sua empresa. Perceba, então, como a armazenagem é mais abrangente e depende da estocagem para o seu bom desempenho.

Self storage para armazenagem e estocagem

Utilizar o self storage como centro de armazenagem e estocagem é uma excelente solução para pequenas, médias e grandes empresas.

Agora, se você está procurando uma solução para fazer a armazenagem e estocagem dos seus produtos, é interessante conhecer o self storage. Muitas vezes, trabalhar com grandes armazéns e centros de distribuição pode ser muito caro, especialmente para pequenos lojistas ou até empresas de médio porte.

O self storage oferece boxes de auto armazenagem que as empresas podem alugar para guardar produtos e mercadorias até a sua destinação. É possível fazer a armazenagem e estocagem de qualquer tipo de objeto, exceto produtos perecíveis, tóxicos ou inflamáveis.

Os boxes do GuardeAqui, por exemplo, possuem diversos tamanhos, excelente solução para armazenagem e estocagem das mercadorias. São diversas unidades distribuídas em em grandes centros urbanos do país e em localizações estratégicas para facilitar a sua logística.

Gostou dessa ideia? Então, aproveite para encontrar a unidade mais próxima e conhecer as vantagens do GuardeAqui!

Autor

Cid dos Santos

Faço parte da equipe GuardeAqui há mais de 6 anos e, apesar de ser formado em Marketing, minha experiência profissional é proveniente da área administrativa. Entendo que o conceito de self storage é novo e desconhecido para muitos brasileiros, por isso acredito que a explicação e apresentação das nossas funcionalidades é de extrema importância.

Deixe seu comentário