Um dos pontos mais importantes de empresas que atuam com processos de produção, armazenamento e venda direta de produtos é a logística. Dentro da logística, o centro de distribuição é considerado um dos pilares que sustentam todo a estratégia de sobrevivência do negócio.

Esse local deve ter uma infraestrutura adequada para guardar as mercadorias e possibilitar o transporte de maneira ágil e produtiva. 

Se você quer saber mais sobre o que é centro de distribuição e de que forma o self storage pode te ajudar a melhorar este ponto estratégico do seu negócio, continue a leitura deste artigo!

O que é centro de distribuição?

O centro de distribuição ou CDD, como também é conhecido, é uma unidade de armazenamento construída com o objetivo de guardar o inventário das empresas, de forma que facilite a organização e os processos de distribuição para pontos de venda ou para os consumidores finais.

Sendo assim, é correto afirmar que é no centro de distribuição que ocorrem diversas etapas relacionadas à gestão de estoque, tais como:

  • recebimento de insumos ou mercadorias;
  • armazenamento;
  • picking;
  • expedição e emissão de documentos;
  • organização e carregamento para transporte.

Centro de distribuição, estoque, a última milha e as vantagens do self storage

Embora os dois tenham funcionalidades parecidas, existem diferenças pontuais entre centro de distribuição e estoque, principalmente quando o assunto é otimização logística. Todo centro de distribuição pode atuar como um estoque, mas nem todo estoque pode ser considerado um centro de distribuição.

A principal função do estoque é armazenar o inventário da empresa, isto é, mercadorias, insumos e matérias-primas para a produção. Já o centro de distribuição tem como objetivo facilitar os processo de entrega ao consumidor final.

Os produtos ficam armazenados no CDD até que sejam recolhidos por uma transportadora e conduzidos até os pontos de venda, uma característica que faz com que ele possa ser considerado uma forma de estocagem. Por isso, a localização do centro de distribuição costuma ser estratégica, ou seja, em locais de fácil acesso às principais rodovias ou próximo de portos marítimos e ferrovias.

Outro aspecto que diferencia o estoque do centro de distribuição é a infraestrutura de cada uma. O CDD oferece não apenas recursos para armazenamento de cargas, como também estacionamento para caminhões. Em segmentos do mercado em que a agilidade é indispensável, isso se torna um diferencial competitivo muito importante.

O self storage e a última milha

O self storage aparece como alternativa para melhorar o gerenciamento do estoque, bem como pode ser usado como uma forma de otimizar o centro de distribuição ao ser posto como last mile.

O last mile ou última milha é a última etapa do processo vendas, em que o produto sai do centro de distribuição e chega ao consumidor. Esta etapa é importante, pois a imagem que o cliente terá da sua marca estará relacionada ao tempo de entrega do produto escolhido, quanto mais demorado, menores são as chances deste cliente retornar ao seu negócio, por isso, é preciso tornar esta experiência de recebimento do produto o menos conturbada possível.

Neste caso, usar o self storage como última milha é uma boa estratégia, uma vez que se pode escolher boxes mais próximos do destino final. Dessa forma, o período de entrega diminui e é possível fazer ainda mais entregas. 

Além disso, o preço da contratação de um box de self storage poupa uma série de custos, como água, eletricidade, IPTU, condomínio e segurança. 

Não é por coincidência que muitos lojistas e prestadores de serviços estão reduzindo gastos de forma significativa ao usarem os boxes de self storage para transferirem documentos, equipamentos e até mesmo móveis usados nas operações, dessa forma, é possível ter o self storage como um caminho que auxilia seu centro de distribuição.

Outra grande vantagem do self storage é que você pode escolher o tamanho dos espaços conforme as necessidades de seu negócio e não há multa contratual sobre o tempo de locação dos serviços. 

Ou seja, você pode começar com um espaço pequeno e migrar para um maior à medida que o negócio cresce no mercado. Lembrando que é possível autorizar o acesso ao estoque apenas para os profissionais responsáveis.

Os boxes podem ser personalizados de forma que contribua com os processos de transporte para os pontos de venda. Além disso, se optar pelo GuardeAqui, terá 25 unidades espalhadas pelo país e prontas para otimizar o serviço do seu centro de distribuição!

As informações que trouxemos neste artigo sobre como o self storage pode ajudar seu centro de distribuição foram úteis para seu negócio?

Então aproveite para conhecer o blog do GuardeAqui e conferir todas as nossas postagens e conteúdos informativos sobre logística, armazenagem e muitos outros assuntos interessantes!

Autor

Márcio Martins

“Comecei no ramo do self storage em 1995 na Kipit, pioneira do Brasil, fundada em 1993. Fui gerente desta mesma empresa entre 1995 e 2017, e assumi a gerência regional do GuardeAqui em março de 2017. Sou formado em administração, com ênfase em marketing e, atualmente, sou responsável pelo departamento GuardeAqui Empresas, na área de carteira de Pessoa Jurídica”

Deixe seu comentário