De acordo com a pesquisa Global Consumer Insights 2021 da PwC, o celular é o canal preferido dos consumidores brasileiros para compras diárias ou semanais. Esse dado mostra como as compras online estão tomando o lugar das compras em lojas físicas.

Além de receber os produtos no conforto de casa, os consumidores estão ficando cada vez mais exigentes em relação a suas compras. Muitos clientes estão, inclusive, dispostos a pagar mais pelo produto, desde que recebam o produto com qualidade, agilidade, etc.

Foi pensando em atender a esses novos comportamentos de consumo que as Dark Stores se tornaram tendência!

Quer saber mais sobre as Dark Stores? Continue a leitura!

Como funciona uma Dark Store?

As Dark Stores geralmente ficam localizadas em grandes centros urbanos.

A Dark Store nada mais é do que um local exclusivo para armazenar, estocar e separar os produtos vendidos por canais online. Geralmente, esse modelo de loja é implementado em espaços reduzidos de grandes centros urbanos.

Portanto, são diferentes dos tradicionais centros de distribuição, que ocupam espaços enormes e costumam estar localizados no interior.

O principal propósito das Dark Stores é estar mais próximas do consumidor para otimizar e agilizar os processos logísticos e de distribuição dos produtos.

Essa é uma tendência que cresce no mundo inteiro. Embora tenha sido impulsionada pelos grandes varejistas, as marcas menores também passaram a investir nesse modelo de loja.

Quais as principais vantagens da Dark Store para os varejistas?

As Dark Stores otimizam os processos de distribuição dos produtos vendidos online.

Veja a seguir por que sua empresa deve investir em Dark Stores:

Agilidade na entrega

De acordo com a pesquisa da PwC, 49% dos consumidores consideram a rapidez e a confiabilidade como os atributos mais importantes das compras online.

Por estarem presentes em grandes centros urbanos, as Dark Stores conseguem empregar um atendimento aprimorado e maior agilidade na distribuição das mercadorias.

Frete mais barato

O custo do frete também diminui bastante, já que a distância entre a loja e o público diminui drasticamente.

Algumas Dark Stores oferecem a opção de retirada de produtos, como mais uma facilidade. Nesse caso, o consumidor não tem nenhum gasto com frete.

Baixo custo operacional

Diferentemente de uma loja física, a Dark sorte não exige altos investimentos de implantação ou operacionalização.

Afinal, não há gastos exorbitantes para adequação de espaço, layout da loja, comissão de vendedores, entre outros. 

Aumento da satisfação do cliente

Oferecer produtos mais baratos, com frete reduzido e rapidez na entrega é a receita perfeita para conquistar os consumidores.

Por meio de uma boa experiência do usuário, as marcas conseguem fidelizar os seus clientes, aumentar o brand awareness e consequentemente maximizar os lucros.

4 dicas para montar uma Dark Store para o seu negócio

1. Conheça o seu cliente

O primeiro passo é conhecer bem o seu público e entender quais são as principais necessidades dos seus clientes. Além disso, vale a pena procurar quais locais a demanda é mais alta.

É uma informação fundamental para escolher a localização adequada para a sua Dark Store.

Você também deve conhecer as preferências dos consumidores, pois isso vai te ajudar a definir o mix de produtos oferecidos, organizar o estoque e definir os processos internos.

2. Invista em um sistema de gerenciamento 

Para tirar o máximo de proveito de sua Dark Store, você precisa contar com a ajuda da tecnologia. Aposte em um bom sistema de gerenciamento para integrar seus canais de venda com o estoque da loja e o fluxo de mercadorias.

No caso dos negócios com Dark Stores espalhadas por diferentes cidades, a gestão inteligente do estoque é ainda mais importante. Isso porque ela ajuda a encaminhar os pedidos para a unidade certa.

Do contrário, a empresa corre o risco de se atrapalhar, não ter os dados corretos do estoque e atrasar as entregas.

3. Capacite os funcionários 

Oferecer treinamento para os colaboradores é outra parte importante do processo de implementação da Dark Store. Afinal, eles precisam estar preparados para trabalhar nesse novo modelo..

Além disso, vale a pena fazer um acompanhamento das operações e avaliar o desempenho dos funcionários. Dessa forma, você pode aprimorar o fluxo de trabalho em sua Dark Store sempre que for preciso.

4. Escolha uma localização estratégica

Como a gente já comentou aqui, a escolha da localização para a sua Dark Store é um fator crucial para o sucesso do negócio. Isso porque um dos principais objetivos dela é favorecer a sua estratégia de logística e distribuição.

Sendo assim, precisa estar localizada nos locais onde o volume de pedidos é maior. Geralmente as maiores demandas estão concentradas nos grandes centros urbanos.

Conte com a ajuda do GuardeAqui!

Os boxes do Guarde Aqui podem ser utilizados como Dark Store.

Talvez você esteja se questionando neste momento se o custo de ter uma Dark Store nas grandes cidades compensa. Afinal, o preço do aluguel costuma ser bastante alto, sobretudo nas capitais.

Mas a boa notícia é que hoje existem empresas oferecendo a solução que você precisa para montar sua Dark Store sem precisar fazer um alto investimento.

O GuardeAqui é autoridade em soluções de espaço e  conta com unidades localizadas em pontos estratégicos de grandes centros urbanos, facilitando a logística da sua empresa e a distribuição dos seus produtos.

Os boxes self storage possuem diversos tamanhos que variam de 1 a 600 m², seguem o padrão internacional e podem ser usados para armazenagem e estocagem de todo tipo de produto, com exceção dos perecíveis, tóxicos e inflamáveis.

Os contratos são mensais e os espaços são flexíveis. No Guarde Aqui você pode aumentar ou diminuir o tamanho do seu box de acordo com sua demanda. Somos a extensão da sua empresa e existimos para facilitar sua rotina.

Descomplica. Guarde Aqui!

Autor

Marcelo Balogh

Comecei minha carreira no GuardeAqui há mais de 12 anos. Na época, era assistente e, com o passar do tempo fui crescendo e aprendendo muito dentro da empresa. Sou formado em logística e em outros cursos da área e, hoje, ocupo o cargo de gerente regional. Além disso, também atuo no auxílio de expansão e novos negócios com a aquisições de novas unidades.

Deixe seu comentário