Organizar estoque tem se tornado cada vez mais necessário para o setor de e-commerces no Brasil visto que, apenas em 2017, o faturamento atingiu a casa dos R$ 47,7 bilhões, de acordo com um levantamento da Webshoppers, e este mercado cresceu cerca de 12% no mesmo período.

Considerando que as lojas virtuais, embora não tenham os mesmos custos e questões cotidianas para lidar como um comércio físico, ainda sim necessitam de boas práticas para realizar a gestão de estoque, já que os produtos precisam ser facilmente acessados a cada venda concretizada.

Por isso, preparamos este conteúdo para que você entenda a importância do self storage na hora de organizar estoque de e-commerce, além de mostrarmos algumas dicas simples para que a gestão do espaço seja feita da melhor maneira possível. 

Acompanhe a leitura para saber mais!

Como organizar estoque?

A gestão de estoque é um conjunto de medidas e ações logísticas que têm como finalidade garantir a segurança e as boas condições dos produtos, além de facilitar o acesso e evitar problemas como a falta de mercadorias ou o excesso. 

Portanto, a seguir, você verá algumas boas práticas para organizar estoque.

Categorize

Separe os produtos do inventário em diferentes categorias, pois isso não apenas facilita a visualização, como ajuda a acompanhar melhor o ciclo de vida (validade dos produtos), evitando perdas por desperdício devido a avarias causadas pelo tempo.

Antecipe-se

Quando se tem uma boa gestão de estoque de e-commerce, a previsão de demandas se torna uma consequência natural. Porém, para isso, é importante ter uma política de controle bem estabelecida.

O uso de tecnologia pode fazer toda a diferença nesse quesito, já que os sistemas de gerenciamento de estoque geram relatórios precisos sobre o histórico de vendas, entre outras informações úteis. 

Falaremos mais sobre isso adiante.

Defina o formato de acompanhamento

Organizar estoque exige muito planejamento, para que o processo de acompanhamento seja completo.

Para organizar estoque com flexibilidade, eficiência e praticidade, é muito importante dividir o processo de acompanhamento da gestão, que pode ser feita por:

  • permanência — consiste no acompanhamento real para que a reposição já seja prevista sempre que um item específico atinja o limite mínimo;
  • periodicidade — trata-se de uma método para acompanhar os itens de acordo com o período em que eles permanecem no inventário, com o objetivo de evitar que algum produto falte e manter o balanço patrimonial;
  • valor — acompanhar os produtos conforme a sua representação de investimento financeiro;
  • quantidade física — isto é, a quantidade mercadorias armazenadas.

Calcule os custos para o armazenamento

Como foi mencionado na introdução, gestão de estoque é um conjunto de processos logísticos que envolve custos, assim como em qualquer empresa. A vantagem em um e-commerce é que, diferente de um comércio físico, não há despesas como aluguel do imóvel, contas de consumo, entre tantas outras.

Dito isso, é importante que a equipe responsável pela gestão do estoque de e-commerce saiba qual será o valor de investimento necessário para o armazenamento dos itens da loja virtual.

Lembrando que existem empresas de self storage, em que você pode usar os boxes privativos para armazenar seu estoque, mas iremos falar sobre ele mais para frente. 

Automatize a gestão de estoque

Em tempos de informação digitalizada e uma sociedade conectada, é imprescindível abandonar as tradicionais planilhas do Excel e migrar para uma tecnologia de gestão de estoque para que seu negócio não fique na obsolescência e seja ultrapassado pelos concorrentes.

Esse tipo de sistema oferece uma vasta gama de recursos para organizar estoque com agilidade e precisão, além de contar com ferramentas que auxiliam em outras áreas do negócio, como planejamento financeiro e previsão de demandas.

Como o self storage me ajuda?

Agora que você já conhece boas práticas sobre como organizar estoque, mostraremos como o self storage pode ajudar sua loja virtual a armazenar o inventário de maneira segura, prática e acessível.

Pois bem, o self storage consiste, basicamente, na locação de boxes privativos de auto armazenagem nos quais, mediante contratação, você pode alugar espaços para guardar seus pertences, como, por exemplo, equipamentos eletrônicos, itens de coleção, entre outros objetos que possam fazer parte do estoque da sua empresa.

Somente você tem acesso aos itens guardados, já que a chave do cadeado do espaço permanece com o contratante. Isto é, nem mesmo os funcionários da empresa de self storage terão acesso aos bens. 

A grande vantagem é que você pode personalizar o espaço da forma como quiser, colocando prateleiras ou móveis para acomodar de maneira otimizada o estoque de e-commerce.

Por fim, vale mencionar que esses boxes de armazenamento são extremamente seguros, pois contam com sistemas de vigilância, alarmes e câmeras de monitoramento que operam durante 24 horas por dia, além do fato de que são tomadas todas as medidas necessárias de limpeza e dedetização para  não estragar os objetos.

Quer saber como o self storage pode ajudar na gestão de estoque de sua loja virtual? Então acesse o GuardeAqui para conhecer todas as soluções de armazenagem que temos a oferecer para seu negócio!

Autor

Márcio Martins

“Comecei no ramo do self storage em 1995 na Kipit, pioneira do Brasil, fundada em 1993. Fui gerente desta mesma empresa entre 1995 e 2017, e assumi a gerência regional do GuardeAqui em março de 2017. Sou formado em administração, com ênfase em marketing e, atualmente, sou responsável pelo departamento GuardeAqui Empresas, na área de carteira de Pessoa Jurídica”

Deixe seu comentário