Você já se perguntou se o melhor local para guardar seus pertences é o guarda móveis ou o self storage? Pensando em esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto, preparamos este conteúdo para que você entenda as particularidades de cada alternativa e qual pode ser a opção mais adequadas às suas necessidades. 

Continue a leitura para conferir!

O que é guarda móveis?

Diferente do que muita gente pensa, guarda móveis não é um espaço destinado somente ao armazenamento de mobílias. O que causa esse entendimento é o nome do serviço, mas nele também é possível guardar objetos variados que podem ir de brinquedos, documentos até equipamentos e muitos outros itens que estejam ocupando espaço em seu escritório ou casa.

Entre os produtos que não são permitidos neste tipo de serviço, podemos citar:

  • inflamáveis;
  • seres vivos ou mortos;
  • armas de fogo, explosivos ou munições — incluindo fogos de artifício;
  • tóxicos corrosivos;
  • produtos perecíveis;
  • itens de grande valor — dinheiro, selos, antiguidades, jóias, vinhos raros, obras de arte etc.

Já o self storage consiste em um espaço de locação mensal, em que você mesmo organiza seus bens da forma que preferir, é o que chamamos de auto armazenamento. 

As restrições do que pode ser armazenado são basicamente as mesmas de um guarda móveis. 

Guarda Móveis VS Self Storage

Preparamos os próximos tópicos para que você compreenda melhor quais são os pontos que diferem um box para guardar móveis de um self storage.

Privacidade

Esse é um aspecto que tem regras bastante distintas entre os dois. No guarda móveis, você não pode ter acesso aos pertences armazenados até que o contrato seja finalizado, enquanto no self storage é possível ver, retirar ou adicionar itens a qualquer hora do dia, desde que esteja dentro do horário de funcionamento da empresa, além do fato de que você é a única pessoa que terá acesso ao box.

No guarda móveis, os bens são entregues à equipe da prestadora do serviço, que garantirá a segurança dos itens durante o armazenamento, o que reduz drasticamente a privacidade, já que seus objetos ficam expostos a outras pessoas.


No self storage, por outro lado, apenas indivíduos autorizados por você podem acessar o box. Esse ponto é importante, em especial, no caso de arquivamento de documentos e arquivos com informações pessoais ou corporativas que não devem ser conhecidas por terceiros.

Flexibilidade

No guarda móveis, os espaços acabam permanecendo os mesmos até o final do contrato, ou seja, não há muita flexibilidade na troca de um espaço para outro.

Diferentemente, de um box no self storage, em que o cliente pode mudar seu box conforme sua necessidade. Por exemplo, se no primeiro mês seu estoque está maior, você pode escolher maior e se no mês seguinte, ele diminui, é possível trocar de box e ir para um menor. Em um self storage isso é possível por causa dos contratos mensais, já em um serviço de guarda móveis, os contratos são únicos, como falamos a seguir. 

Estrutura

Em termos de estrutura, o guarda móveis é um espaço mais genérico, pois funciona exatamente como se fosse um lugar para guardar móveis no qual os pertences de diferentes clientes ficam armazenados no mesmo espaço.

Já no self storage, cada pessoa tem o próprio local para guardar os seus bens, podendo personalizá-lo para alocar os itens da forma como bem entender, isto é, instalando prateleiras ou colocando armários e arquivos para acomodar melhor os seus pertences. 

O contrato

Entre as principais diferenças entre um guardar móveis e o self storage está o formato de contratação de cada modalidade. No caso do guarda móveis, o contrato estabelece um período de tempo que deve ser cumprido à risca.

Ou seja, ao contratar o serviço, há uma espécie de fidelidade que não pode ser quebrada e, além disso, os itens guardados não podem ser acessados, como já dissemos. Se isso for descumprido, pode haver aplicação de multas.

Enquanto no self storage, você não apenas tem liberdade para guardar uma variedade maior de pertences e acessá-los quando quiser, como também pode finalizar a contratação quando desejar, já que os planos são mensais e a renovação é automática, mas jamais obrigatória.

Em outras palavras, você pode usar o espaço  para guardar os seus bens pelo tempo que for necessário, contar com total segurança, privacidade e autonomia e sem a preocupação com o período de permanência mínima ou máxima.

Para concluirmos, um self storage e um guarda móveis se diferenciam em pontos cruciais em termos de acesso, segurança, liberdade, contrato e privacidade.

Quer saber mais sobre como funciona um self storage? Então aproveite para entrar em contato com a gente e conhecer as opções de boxes que temos a oferecer para armazenar seus pertences!

Autor

Cid dos Santos

Faço parte da equipe GuardeAqui há mais de 6 anos e, apesar de ser formado em Marketing, minha experiência profissional é proveniente da área administrativa. Entendo que o conceito de self storage é novo e desconhecido para muitos brasileiros, por isso acredito que a explicação e apresentação das nossas funcionalidades é de extrema importância.

Deixe seu comentário