Ao mesmo tempo que a reforma de casa é o sonho de muitas pessoas, pode ser o pesadelo de outras, em especial por conta do fator financeiro. Afinal, gastar menos do que se ganha não é um ponto forte de grande parte da população.

Se você não pode investir uma grande quantia na reforma do seu lar, mas tem o desejo de torná-lo um lugar bonito e confortável, talvez o nosso conteúdo possa ajudar. Separamos uma série de dicas úteis sobre reforma de casa sem gastar muito. 

Reforma de casa sem gastar muito: veja como

1- Faça uma lista

Essa dica serve para planejar qualquer coisa e, no caso de quem está procurando por informações sobre reforma de casa gastando pouco, é o ponto de partida! O primeiro passo é listar os itens de acordo com a prioridade ou necessidade do que precisa ser reformado.

Por exemplo, você pode esperar um pouco para fazer a decoração da sala, mas não pode ficar sem banheiro, concorda? Então, parta deste princípio na hora de começar a sua lista. Anote tudo o que é essencial para iniciar a reforma de casa, tendo como base a sua disponibilidade financeira.

A ideia aqui é fazer aos poucos, sem pressa e, principalmente, sem que a experiência se torne negativa. Faça conforme você puder e a sua conta bancária permitir. Pode levar um tempo, mas certamente você alcançará o sonho de ter uma casa aconchegante para descansar após um longo dia de trabalho.

2- Escolha os materiais

Projetos de reforma de casa, normalmente, contam com um orçamento apertado e desafiador, mas isso não significa que você deve desistir. A cada cômodo reformado, você terá a recompensa de ter um sentimento prazeroso de conquista e isso deve te motivar a ir até o fim desta empreitada.

Partindo deste pressuposto, a escolha dos materiais é um dos pontos mais importantes. Não se prenda ao conceito de que tudo que é mais caro é melhor, muitas vezes é possível encontrar itens de ótima qualidade e com preços acessíveis ao escolher marcas menos conhecidas ou que estão entrando agora no mercado. Criatividade e bom gosto podem ser seus aliados na reforma de casa

Visite regiões especializadas em materiais de construção e procure por lugares que vendem produtos reutilizados. Você certamente já deve ter ouvido falar de “cemitério de azulejos”, “casa das torneiras” ou algo do tipo, não é verdade? Pois bem, nesse tipo de estabelecimento também é possível encontrar itens em ótimo estado a preços incríveis.

3- Valorize as (im)perfeições

Você já ouviu falar sobre um conceito de design de interiores chamado decoração industrial? Pois bem, de forma resumida é uma maneira de utilizar características mais grosseiras do próprio imóvel de forma criativa para criar um estilo.

Agora que se tornou moda, não é difícil nos depararmos com arquitetos e designers de interiores que cobram valores astronômicos para deixar um apartamento com essa cara de “rústico industrial”, sendo que você pode obter o mesmo resultado se usar a sua inteligência e não tiver pressa.

O design ou estilo industrial se tornou tendência através da integração de movéis sofiticados a espaços rústicos e rudimentares

 O conceito de industrial pode ser explorado nas imperfeições do ambiente. Por exemplo, uma parede sem o acabamento mais refinado pode receber uma luminária pendente feita com fios expostos, cano de cobre e uma lâmpada de filamento de carbono.

O mesmo se aplica ao piso e paredes. Se você não tem dinheiro sobrando para colocar azulejos de porcelanato, é possível pedir a um pedreiro para aplicar a técnica de cimento queimado, por exemplo.

4- Reforma de móveis

Reaproveite móveis antigos em sua reforma de casa e seja feliz gastando pouco.

Quem disse que aquele sofá antigo precisa ser jogado no lixo só porque já tem mais de 20 anos? O fato é que os móveis antigos eram muito mais resistentes do que os de hoje em dia, pois em sua maioria eram fabricados em madeira maciça, couro legítimo e outros insumos de altíssima qualidade.

Ainda no caso do seu estimado sofá, basta manter a estrutura e trocar todo o forro, isto é, almofadas e revestimentos. Pelo mesmo valor de um sofá novo dessas lojas populares que vendem produtos com tempo de vida útil pré-determinado, você terá um lindo sofá e muito superior, sem falar no valor emocional.

Por fim, durante toda a reforma de casa, é importante lembrar que, por mais que você seja uma pessoa cuidadosa, esse processo é naturalmente trabalhoso. A quebradeira de paredes, troca de revestimentos e tudo que foi abordado, acaba levantando pó e fazendo muita sujeira.

Sendo assim, lembre-se de que você já está economizando bastante e contrate um box de self storage para guardar os seus objetos pessoais em segurança durante essa fase. Assim, suas roupas, eletrodomésticos, brinquedos das crianças e aparelhos eletrônicos ficarão protegidos de toda a sujeira e quebradeira da reforma, além de ficarem em segurança até que a sua reforma termine.

Gostou das nossas dicas? Então, acesse a calculadora do GuardeAqui para saber qual o tamanho do box ideal de acordo com a quantidade de pertences que você precisa armazenar enquanto reforma a casa gastando pouco!                              

Autor

Marcelo Balogh

Comecei minha carreira no GuardeAqui há mais de 12 anos. Na época, era assistente e, com o passar do tempo fui crescendo e aprendendo muito dentro da empresa. Sou formado em logística e em outros cursos da área e, hoje, ocupo o cargo de gerente regional. Além disso, também atuo no auxílio de expansão e novos negócios com a aquisições de novas unidades.

Deixe seu comentário