Como o nome diz, a otimização de espaço tem o objetivo de aproveitar bem os ambientes. Sobretudo em casas menores e apartamentos, é algo que ajuda a melhorar a rotina dos moradores.

Mas o que fazer para otimizar espaço? Será que eliminar móveis e objetos é o suficiente?

Fique sabendo que diversas práticas podem ajudar você nessa missão!

A seguir, vamos falar um pouco mais sobre as vantagens de apostar no máximo aproveitamento dos ambientes e compartilhar dicas valiosas.

Continue lendo!

Por que se preocupar com a otimização de espaço?

O estilo minimalista pode ser utilizado principalmente em casas e apartamentos pequenos.

Há quem pense que otimizar espaço é uma coisa banal, mas não é. Isso porque não se trata apenas de melhorar o visual dos ambientes da casa. Estamos falando aqui sobre deixar o seu lar mais funcional e agradável.

Para isso, você deve levar em conta as suas próprias necessidades.

Para quem trabalha em casa, por exemplo, ter um cantinho de home office bem organizado faz toda a diferença. Um ambiente limpo, organizado, bem iluminado e com tudo no lugar melhora o foco e os níveis de produtividade dos profissionais.

Da mesma forma, as pessoas que têm filhos pequenos se preocupam em manter o quarto dos pequenos em ordem. Afinal, as crianças precisam de espaço para brincar, soltar a imaginação e se desenvolver.

E o entorno está o tempo todo nos influenciando!

Por isso, cuidar com carinho de cada cômodo e apostar na otimização de espaço é fundamental. Em pouco tempo, você vai perceber os ganhos em qualidade de vida.

Veja quais são as melhores soluções para otimizar espaço em casa

1. Escolha móveis com as medidas certas

Pensar no tamanho dos móveis é essencial para otimizar espaço e facilitar a circulação das pessoas.

Na hora de comprar os móveis, você precisa se atentar ao tamanho deles. Isso tudo para não comprometer a circulação de pessoas, a funcionalidade do ambiente ou impedir a entrada de luz.

Investir em opções multiuso, como um sofá-cama ou uma mesa dobrável, pode ser uma boa ideia.

Mas, se estiver muito difícil encaixar os móveis que você gostaria, vale a pena considerar os móveis planejados e fazer tudo na medida adequada.

2. Aposte na verticalização

Sabia que as paredes da casa podem ser usadas de várias formas e não apenas para pendurar quadros? É sobre isso que se trata a verticalização: aproveitar as paredes!

Além de prateleiras, as paredes podem receber estantes, nichos e suportes para guardar os mais diversos objetos. Portanto, é excelente para a otimização de espaço.

Ao mesmo tempo, a verticalização deixa a casa mais charmosa, pois ao mesmo tempo que organiza ela dá um toque especial à decoração.

3. Adote o estilo minimalista

O estilo minimalista pode ser utilizado principalmente em casas e apartamentos pequenos.

Uma frase que resume bem o minimalismo é “menos é mais”. Além de dar um ar sofisticado aos ambientes, esse estilo é perfeito para os ambientes com espaço reduzido.

Há quem goste de encher a casa de móveis e objetos decorativos. Entretanto, os espaços acabam ficando sobrecarregados de informação, passando uma impressão de serem ainda menores.

Sendo assim, a melhor coisa é usar apenas o que é essencial. Com isso, o ambiente passa a transmitir uma sensação de tranquilidade, sem deixar de ser aconchegante.

4. Use cores claras

Em ambientes grandes, os tons escuros funcionam bem. Mas, no caso dos cômodos menores, as cores claras são as melhores apostas, seja qual for o estilo de decoração.

Isso porque elas ajudam a deixar o ambiente mais iluminado e também mais espaçoso.

Não pense que essa escolha vai deixar sua casa sem graça. Você pode incluir outros tons por meio dos móveis e objetos decorativos para dar uma quebrada na base clara das paredes.

5. Integre os ambientes

Cozinhas em conceito aberto facilitam a otimização de espaço e deixam o ambiente mais moderno .

Cada vez mais os apartamentos estão sendo desenhados com ambientes integrados, pois isso aumenta a sensação de espaço. Tanto é que virou tendência unir sala de estar com a de jantar ou com a cozinha, por exemplo.

Na ausência das paredes, a divisão entre os cômodos pode ser feita com uma ilha de serviços, um balcão simples ou móveis baixos.

Ao mesmo tempo em que colabora com a otimização de espaço, deixa a casa com uma cara mais moderna, não acha?

6. Mantenha a casa organizada

Para aproveitar os benefícios das dicas anteriores, manter a organização da casa em dia é essencial. Quando a bagunça se acumula, pode ficar até difícil de circular pela casa sem esbarrar em alguma coisa.

Crie o hábito de colocar os objetos no seu devido lugar e limpar os ambientes com frequência.

Caso você seja do tipo que tem dificuldade em arrumar a casa, uma sugestão é buscar técnicas de organização que podem te ajudar, como o famoso método Marie Kondo.

O self storage é um grande aliado da otimização de espaços

Percebeu que falta lugar em casa para guardar aqueles itens dos quais você não quer se desapegar? Então conte com os boxes de self storage!

Com a ajuda do Guarde Aqui, você aluga espaços para armazenar tudo o que precisa, pelo tempo que desejar. Dessa forma, fica mais fácil otimizar espaços em casa, sem abrir mão daqueles objetos que têm valor sentimental.

Autoridade quando o assunto é organização, o blog do Guarde Aqui está cheio de ideias e outras dicas valiosas para manter tudo organizado. Se você gostou deste artigo, não deixe de conferir os outros conteúdos!

Autor

Denise Rodrigues

Atuo no GuardeAqui desde 2017 e sou responsável pela área de marketing da empresa. Sou formada em Publicidade e Propaganda com pós-graduação em Marketing, além disso, tenho forte senso de organização e utilizo-o em diversos momentos, seja em casa ou no trabalho.

Deixe seu comentário