Você já ouviu falar sobre o método Marie Kondo? Pois bem, de forma simplificada trata-se de uma técnica japonesa de organização conhecida como KonMari. A escritora Marie Kondo a citou em seu livro “A Mágica da Arrumação”.

Um dos motivos pelos quais ela se tornou conhecida é porque quebra com vários conceitos tradicionais para arrumar a casa. No conteúdo de hoje você verá como realizar o método Marie Kondo na prática por meio de diversas dicas simples. Continue a leitura do artigo para saber mais sobre o assunto!

Método Marie Kondo na prática!

Categorizar itens antes de começar a arrumação é um passo importante no método Marie Kondo.

Arrume por categoria

Há quem tenha dificuldade para arrumar um cômodo por vez, no entanto, o método Marie Kondo de arrumação defende a ideia de que devemos categorizar a nossa forma de pensar e isso vale para tudo na vida, não apenas para organização da casa.

Dado o contexto, considere organizar o momento de arrumação dividindo-o em diferentes categorias. Por exemplo, separe os objetos por tipo, como:

  • livros;
  • documentos e papéis;
  • roupas;
  • artigos de valor sentimental;
  • artigos de valor financeiro;
  • itens variados.

O momento é seu

Você já parou para pensar que, muitas vezes, o que torna um momento difícil é a forma como o encaramos? Arrumar a casa pode ser uma experiência ruim, se assim você a encarar, ou pode ser um tempo para espairecer enquanto você se dedica à manutenção do seu templo.

Faça uma playlist com as suas músicas preferidas, vista uma roupa confortável e mãos à obra! Não há razão para a organização da casa ser vista como desperdício de tempo. Se ajudar, pense que o nosso estado de espírito interno reflete nas coisas externas. Uma casa limpa e organizada fala muito mais sobre uma pessoa do que palavras.

Trace objetivos

O método Marie Kondo define que a organização do lar é uma oportunidade de autoconhecimento. Se você encarar o processo como uma tarefa a ser cumprida, fica muito mais fácil se planejar para concretizá-la.

Uma maneira interessante de organizar a casa é traçar objetivos. Por exemplo, estabeleça que até um determinado dia da semana a cozinha e o banheiro estarão impecáveis, já nos outros dias serão os quartos e a sala que terão a sua vez.

Apenas o essencial

Desapego é a palavra-chave! Se a falta de espaço é um problema que você enfrenta em seu apartamento ou casa, por que não começar a se livrar dos excessos? Afinal, tudo na vida é cíclico e deve ter um começo, meio e fim. Não deve ser diferente com objetos.

No momento da organização, comece a separar os itens de acordo com a sua importância e utilidade. Em pouco tempo você notará que talvez esteja guardando coisas de que não precisa e que estão apenas acumulando pó e ocupando espaço que poderia ser utilizado melhor. Em outras palavras: guarde apenas o essencial!

Cada coisa em seu lugar

Agora que você já separou tudo e descartou todos os itens que não têm 100% de importância, é o momento de começar a colocar cada coisa em seu lugar. A melhor forma de armazenar pertences, de acordo com o método Marie Kondo, é guardar cada coisa em seu devido lugar.

Roupas, por exemplo, devem ser dobradas e colocadas dentro das gavetas do armário ou cômoda e tudo que puder ser “encabidado” ajudará a poupar espaço e a deixar o ambiente mais feliz. É claro que é preciso ter bom senso e noção estética para isso. Não pendure à vista aquele moletom antigo e desbotado.

O mesmo se aplica aos livros. Organize da maneira como achar melhor, porém eles servem como objetos decorativos quando arrumados da forma “correta”. Priorize aqueles que têm capas com cores que combinem com a paleta de cores do cômodo.

“Tirou, devolveu”

Por fim, mas não menos importante, é preciso ter o hábito de guardar tudo logo após usar. Se você pegar um rodo para passar pano na cozinha, por exemplo, não o largue por ali encostado em uma parede. Para que a tarefa seja concluída, devolva-o à área de serviço ou local que você costuma guardá-lo.

Se você se acostumar a fazer isso com tudo, verá que o método Marie Kondo não serve somente para manter a casa organizada, mas também diversas áreas da sua vida, até mesmo os seus pensamentos e a forma de trabalhar.

Como você pôde contemplar neste conteúdo, o método Marie Kondo não precisa ser seguido item por item se você entender o conceito. Mas se ter uma vida organizada ainda é uma questão que você tem dificuldade para lidar, sinta-se à vontade para cumprir com cada uma das dicas que foram abordadas.

Quer conferir mais dicas de organização da casa, do escritório e até mesmo do estoque? Então, acesse o blog do GuardeAqui para conhecer todos os conteúdos informativos e novidades que postamos regularmente!

Autor

Denise Rodrigues

Atuo no GuardeAqui desde 2017 e sou responsável pela área de marketing da empresa. Sou formada em Publicidade e Propaganda com pós-graduação em Marketing, além disso, tenho forte senso de organização e utilizo-o em diversos momentos, seja em casa ou no trabalho.

Deixe seu comentário