Os animais de estimação se tornaram membros importantes das famílias e participam de quase todos os momentos de alegria. Por isso, é difícil deixar o cachorro ou gato em casa nas férias. Viajar de avião com pets está ficando mais comum e, por consequência, mais fácil e seguro, porém é preciso tomar alguns cuidados antes e durante o voo para que tudo corra bem.

A primeira ação deve ser agendar uma consulta com o veterinário de confiança para que ele avalie a saúde do animal e confirme se a vacinação está em dia.

Em seguida, separe um tempo para a burocracia. É preciso verificar as regras da companhia aérea pela qual você vai viajar, pois cada empresa tem normas próprias. Em caso de viagem internacional, informe-se também sobre a documentação necessária para a entrada do pet no país de destino.

Outra providência que precisa ser tomada com antecedência é a compra da caixa de transporte. As dimensões exigidas para o embarque variam de uma companhia para outra, mas é essencial que o pet tenha espaço suficiente para viajar tranquilo, sendo capaz de ficar em pé com a cabeça levantada e de se movimentar sem aperto.

Na véspera da viagem, prepare uma mala de mão para o animal. Você pode levar água, petiscos, ração e seus brinquedos preferidos, para que ele se distraia e sinta o cheiro de casa durante o voo. E para evitar acidentes ou incômodos aos outros passageiros, tenha também tapetes higiênicos para troca e saquinhos para fezes.

Depois da viagem, não se preocupe com o espaço que a caixa de transporte ou a mala vão ocupar na sua casa. Nossos boxes têm espaço para você guardar esse e outros pertences do seu companheiro de quatro patas com a praticidade de poder retirar quando precisar.

O GuardeAqui é muito mais que uma guarda móveis, é o maior e melhor self storage do Brasil com mais de 120.000m² de área e 25 unidades pelo país.