Abrir o próprio negócio é o sonho profissional de muitos brasileiros e optar por uma franquia é um caminho mais seguro para começar. Em 2018, a receita do mercado foi de quase R$ 175 bilhões, com crescimento de 7,1% em relação ao ano anterior, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). No entanto, quem não tem experiência à frente de uma empresa precisa empreender com cuidado. Veja dicas para empreender com mais segurança:

– Confira o histórico

É fundamental utilizar todas as ferramentas possíveis para esmiuçar o histórico da rede. Um dado a ser observado é o período transcorrido entre a criação do negócio e o início da franquia. Intervalos maiores demonstram que o modelo foi bem testado pelo seu criador antes da abertura para novas unidades.

– Converse com outros franqueados

Outra forma eficiente de reunir informações é conversar com atuais e ex-franqueados para conferir a realidade do negócio, o suporte oferecido e os problemas que eles enfrentam com a rede. Os contatos podem ser encontrados na Circular de Oferta de Franquia, que o franqueador é obrigado a entregar.

– Evite modismos

A aposta em franquias da moda é arriscada. Vale lembrar das paletas mexicanas, que rapidamente passaram de mania a dor de cabeça e, em três anos, viram 60% das lojas fecharem as portas, segundo a consultoria Rizzo Franchise.

– Procure o selo ABF

O Selo de Excelência em Franchising é concedido pela ABF e serve como uma garantia de confiabilidade. Para receber essa certificação, as empresas passam por avaliações que medem a satisfação dos franqueados com suas redes.

Seja qual for a marca escolhida para começar o seu negócio, se você precisar de espaço para seu estoque nós temos a solução. Em nossas unidades, os produtos ficam armazenados com segurança e, ao mesmo tempo, acessíveis para retirada a qualquer momento. Venha conhecer nossos espaços.

Ter um espaço em shopping é o sonho de muitos empreendedores, mas nem todos possuem dinheiro suficiente para iniciar um negócio, reservar para capital de giro e cuidar do estoque. Alguns desses empreendedores começam com quiosques ou lojas pequenas nos centros de compras por conta do custo da locação, mas ainda assim falta espaço para o armazenamento, já que a área é dividida entre os funcionários e uma boa exposição.

O GuardeAqui é a solução para armazenamento de estoques e matérias-primas. Afinal, locar um de nossos boxes custa bem menos do que um espaço semelhante nos shoppings. Para se ter uma ideia, o aluguel mensal de um quiosque em shopping na cidade de São Paulo custa em média entre R$ 950 e R$1.300 o metro quadrado, segundo o portal Empreendedores.

Aqui, os produtos ficam guardados com vigilância 24 horas por dia e acesso controlado por senha individual. Nossas unidades estão em locais de fácil acesso, inclusive de shoppings. Somos uma ótima opção também para empreendedores de lojas maiores, pois ter o estoque em outro espaço permite uma melhor ambientação dos produtos, proporcionando uma experiência mais agradável aos potenciais clientes que forem até lá.

Faça uma simulação e confira o melhor custo-benefício.

 

Empreender no Brasil é sempre um desafio e gera muitas dúvidas. Uma das principais é decidir entre Microempresa (ME), Empresa de Pequeno Porte (EPP) e Microempreendedor Individual (MEI). Existem diferenças importantes que devem ser consideradas, pois estão relacionadas sobretudo ao porte do negócio.

A Lei Geral da Microempresas e Empresas de Pequeno Porte de 2006 instituiu um regime tributário específico para os pequenos negócios e uniformizou o conceito de micro e pequena empresa, enquadrando-as de acordo com a receita brutal anual.

Sendo assim, quem é MEI trabalha por conta própria e não pode ultrapassar lucro bruto de R$ 81 mil ao ano. Além disso, pode ter apenas um empregado e não pode ser sócio ou titular de outra empresa.

Já para optar pela ME, é necessário que o empreendimento tenha receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil. Para formalização é necessário optar entre uma das formas de tributação (Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido) e realizar o registro em uma Junta Comercial.

As microempresas são compostas por 4 categorias diferentes, que possuem suas próprias características. Uma é a Sociedade Simples, onde os empresários realizam uma atividade diretamente ligada à sua profissão, tais como advogados e médicos, entre outros. Nesse caso é obrigatório haver pelo menos um sócio.

A segunda é a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI), que é formada somente pelo empreendedor, ou seja, não pode haver sócios.  Foi criado com o objetivo de acabar com a figura do sócio “fictício”, prática comum em empresas registradas como sociedade limitada. Protege o patrimônio pessoal do empresário através da separação patrimonial.

A terceira é a Sociedade Empresária, onde é permitido ter dois ou mais sócios. Eles devem adotar uma das espécies de sociedade existentes (S/A, Sociedade Limitada – LTDA, etc.). Nesse caso, também os sócios não respondem com seus bens pessoais pelas obrigações da empresa.

A última é a Sociedade Simples, que também exige dois ou mais sócios que, ao adotarem a espécie societária de Sociedade Limitada – Sociedade Simples LTDA, passam a ser responsáveis somente ao capital social, não respondendo com seu patrimônio pessoal pelas obrigações da empresa.

Já empresas com limite de faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões podem ser enquadradas como EPP. Assim como no ME, é preciso formalizar o negócio em uma Junta Comercial, optando por um dos regimes tributários.

Como dito antes, a escolha do tipo de empresa está relacionada ao porte do empreendimento. Por isso, antes de qualquer atitude, consulte um profissional qualificado que possa te orientar a escolher o melhor caminho para seu planejamento.

E lembre-se: caso precise de algum lugar para armazenar os produtos que vai comercializar, o GuardeAqui está à sua disposição com diversos boxes nos mais variados tamanhos, além de total segurança e sem burocracia nos contratos.

Sucesso nos seus negócios e conte com o GuardeAqui sempre que precisar.

 

 

O GuardeAqui é muito mais que uma guarda móveis, é o maior e melhor self storage do Brasil com mais de 120.000m² de área e 25 unidades pelo país.