O dia 12 de outubro vai se aproximando e os pequenos começam a ficar ansiosos pelos presentes. Todos os anos, a lista de desejos para o Dia das Crianças é grande e pais, avós, tios e amigos da família se tornam alvo de pedidos e até pequenas chantagens. E quem resiste a esses apelos?

Mas o entusiasmo pelos novos brinquedos vem junto com a perda de interesse pelos antigos, e o quarto fica cheio de objetos esquecidos. Não quer dizer que a criança nunca mais vai querer aquele boneco ou jogo, mas é certo que ele vai ficar de escanteio por um tempo.

Uma pesquisa da Universidade de Toledo, nos Estados Unidos, mostrou que deixar um número muito grande de brinquedos à disposição não é a melhor forma de incentivar a criatividade e a imaginação nessa fase da vida. Além disso, meninas e meninos com acesso a um número menor de objetos aprendem a ter mais foco e desenvolvem melhor a capacidade de compartilhar.

Por isso, promover um rodízio pode ser uma boa saída para estimular a criança e, ao mesmo tempo, diminuir a bagunça. Se você não tem espaço de armazenamento em casa para colocar essa ideia em prática, traga os brinquedos separados para uma de nossas unidades. Eles ficarão bem conservados por meses e estarão prontos para o revezamento sempre que você ou seu filho desejar. Ah, o self storage também é um ótimo espaço para preservar as memórias de infância como antigas coleções, brinquedos, revistas, álbuns de figurinha ou quadrinhos egressos dos tempos de criança. Claro, sempre pensando na melhor forma de preservá-los.

Diferente do Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro, o Dia Mundial da Infância, celebrado ontem (21/03), ainda é pouco conhecido. A data, desassociada de qualquer fator comercial, tem uma vocação bastante nobre: conscientizar os pais sobre a importância de garantir uma boa formação sociocultural aos pequenos.

Isso significa oferecer educação, alimentação, proteção, incentivar a leitura desde cedo e, claro, brincar também faz parte desse processo. Jogos e atividades lúdicas podem ajudar a desenvolver habilidades sociais, raciocínio, memória, coordenação motora, noção de espaço e muitas outras capacidades psicomotoras.

É clichê, mas na infância as crianças são, realmente, esponjas de informação. E em todos os sentidos. Da mesma forma que ler cotidianamente para uma criança pode ajudar na alfabetização e no desenvolvimento intelectual, aulas de dança, andar de bicicleta ou jogar bola podem ajudar a desenvolver o equilíbrio e a coordenação motora, influenciando muito além do que aquele momento.

Obviamente, todas essas atividades vão gerar lembranças incríveis. A primeira bicicleta, o livro que tinha que ser relido toda noite, a chuteira do primeiro gol, a roupa da primeira apresentação etc. Alguns brinquedos, livros e outros bens serão quebrados ou doados ao longo do tempo. Os demais você pode querer guardar para sempre, quem sabe para seu filho usar com os filhos dele.

Para esses casos, não precisa transformar sua casa em um armazém ou fazer um templo da nostalgia, conte com a segurança 24 horas e a praticidade de nossas unidades. Certamente tem um #CadeadoAmarelo pertinho de você. E você ainda pode usar a oportunidade para ensinar suas crianças a importância de manter a casa arrumada!

O GuardeAqui é muito mais que uma guarda móveis, é o maior e melhor self storage do Brasil com mais de 120.000m² de área e 25 unidades pelo país.