Quem tem um negócio, sempre precisa tentar se manter em dia com as tendências que estão surgindo, seja para modernizar a própria empresa ou simplesmente para não ficar para trás. No mundo empresarial, quem para, “morre”! E não é raro vermos companhias que já foram líderes de mercado perderem espaço porque não se anteciparam ou ignoraram mudanças que estavam acontecendo.

É por isso que estamos sempre inovando e buscando ofertar mais facilidades aos nossos clientes. Chegar à liderança de um setor, como fizemos, é difícil. Mas se manter é mais complicado ainda. Ser o primeiro a lançar um app, oferecer parceria com co-working e a primeira unidade em perímetro urbano em que todos os clientes podem parar com o carro em frente ao seu box são apenas algumas de nossas iniciativas nesse sentido.

Claro, se você tem uma pequena empresa ou está começando seu negócio, a dedicação para fazer o empreendimento decolar pode dificultar que você mantenha um olho no mercado. Para te ajudar, separamos três tendências que devem movimentar o mercado em 2019:

Integração entre loja física e e-commerce

Durante um tempo, muitos analistas especularam que o fim das lojas físicas estava próximo. Claro que o comércio eletrônico cresce em ritmo mais acelerado que o das lojas tradicionais, mas a visão de que um modelo irá suplantar o outro ficou no passado.

Assim como o rádio convive com a TV e com a internet, as lojas físicas e digitais deverão entrar em um processo de convivência mais harmônica. Comprar online e retirar em uma loja física é apenas um exemplo. A tendência é que lojas físicas se tornem, cada vez mais, mostruários e centros de experiência, onde um cliente pode entrar para experimentar um produto e ter uma ideia de como ele pode auxiliar sua vida antes de ir para a web, pesquisar o melhor preço e comprá-lo.

E nem precisa ir longe para entender como isso funciona. Basta entrar em uma de nossas unidades para perceber que a experiência faz toda diferença. Às vezes você nem sabe o quanto precisa de espaço, mas ao entrar em qualquer GuardeAqui e conversar com um gerente, certamente vai perceber como há alguns aspectos da sua vida que poderiam ser melhor organizados e te proporcionar mais conforto e tranquilidade.

Marketing Digital

Com a retomada do consumo e poder de compra das famílias que é esperada para este ano, as propagandas digitais devem ganhar ainda mais força. Sempre vão surgir “sacadas” inteligentes, como fazer propaganda no saco do pão da padaria – quem não gosta de um pãozinho quente no café?

Mas o marketing de conteúdo, especialmente nas mídias digitais (como Facebook e Instagram) devem redobrar seu poder de influenciar decisões, especialmente a partir dos relatos e da troca de experiências entre os usuários.

Mobilidade urbana

Uber e 99 são precursores desse movimento, mas novas ideias têm ganhado o mercado. Ao longo de 2018, bicicletas e patinetes de uso compartilhado caíram no gosto da população de grandes centros urbanos e tudo indica que o movimento deve se fortalecer este ano.

O uso cada vez mais frequente desses meios de transporte deve gerar oportunidade para novos negócios, como a Bike Station, que comercializa equipamentos para ciclistas em vending machines. Conheça a experiência da empresa.

Boa parte dos investidores tem uma ideia de negócio, o capital e nada mais. Se você é uma dessas pessoas, já deve ter visto nossas dicas de como utilizar os combos self storage + co-working ou self storage + loja compartilhada. Agora, se você não tem uma ideia nova, mas também quer investir e se tornar o próprio patrão, temos uma sugestão para você: abra uma franquia.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF) o faturamento do setor ultrapassou R$ 174 bilhões em 2018, crescendo cerca de 7% que o ano anterior. A principal vantagem do modelo, para o empreendedor, é que se trata de um negócio já testado e aprovado. Além disso, a regulação garante o apoio da franqueadora, que provê dicas valiosas e treinamento para o sucesso da empreitada.

Engana-se quem pensa que investir em uma franquia exige muito capital. Há um segmento deste mercado, conhecido como franquias baratas ou microfranquias em que o investimento inicial máximo (soma de capital para instalação do negócio, taxa de franquia e capital de giro) é de R$ 90 mil – o valor é atualizado todo ano pela ABF.

Nós elencamos, abaixo, cinco microfranquias com investimento inicial de R$ 4,5 mil a R$ 79 mil. E se você tiver um pouco mais de dinheiro disponível, separamos também uma das franquias que a ABF aponta ter mais potencial de crescimento em 2019, a Piticas Moda Criativa. Em comum, todas elas podem se beneficiar do self storage para armazenamento de bens, tornando o negócio ainda mais inteligente. Confira:

Suporte Smart

Rede de reparos de smartphones e venda de acessórios (como capas), possui cerca de 80 unidades franqueadas. As unidades menores requerem um investimento de até R$ 4,5 mil. Leva de 30 a 45 dias para estar funcionando e o prazo de retorno do investimento é de 3 meses a 6 meses. O faturamento mensal médio de cada unidade é de R$ 5 mil.

Doutor Faz Tudo

Oferece serviço de manutenção de imóveis comerciais e residenciais. Nem precisamos falar que você não vai querer deixar todas as ferramentas do trabalho na sua sala, certo?

O investimento inicial é de R$ 25 mil com retorno esperado entre 12 e 18 meses. O faturamento médio mensal é de R$ 50 mil.

Maria Brasileira

Única empresa de serviços de limpeza, conservação e cuidados domésticos e comerciais a receber o selo de excelência da ABF em 2018, tem mais de 200 unidades espalhadas por 25 Estados.

Com investimento inicial de R$ 56,9 mil e tempo de retorno de 12 meses a 15 meses, promete faturamento mensal médio de R$ 45 mil.

Imaginarium

Com mais de 250 unidades e 400 novos produtos para presente e decoração lançados por ano, demanda investimento inicial de R$ 70 mil. O tempo de retorno é mais amplo do que as demais franquias nessa lista, variando de 6 meses até 3 anos e 4 meses. Como os resultados variam bastante de uma unidade para a outra, a franqueadora não crava um faturamento médio mensal, mas a empresa é uma das que contam com mais selos de excelência da ABF.

NYS Collection

Marca de óculos fundada em Nova Iorque (EUA), em 1.996, conta com cerca de mil unidades distribuídas em mais de 40 países. No Brasil, a franquia custa R$ 79 mil, mas é possível montar um quiosque por R$ 68,5 mil. O tempo de retorno do investimento é de 18 a 30 meses, com faturamento médio mensal na casa dos R$ 40 mil.

Piticas Moda Criativa

Focada em produtos das culturas pop e geek, conta com mais de 300 unidades em operação. O investimento inicial é de R$ 100 mil, sendo que é possível ter um quiosque funcionando em 45 dias e uma loja em 60 dias. O retorno do valor investido vem entre 18 e 24 meses e o faturamento médio mensal varia de R$ 40 mil a R$ 60 mil.

O GuardeAqui é muito mais que uma guarda móveis, é o maior e melhor self storage do Brasil com mais de 120.000m² de área e 25 unidades pelo país.