Existem alguns termos no vocabulário dos empreendedores antenados com a nova economia que você não pode deixar de conhecer. Um deles é design thinking. Muita gente acha que é algo relacionado às artes ou estética. Mas, na verdade, é uma forma de resolver problemas, desenvolver produtos e pensar projetos baseada no processo cognitivo usado pelos designers, daí o nome.

Empresas como Sony, Nike e Apple utilizam isso na sua rotina. Mas ele pode ser aplicado em empresas de todos os tamanhos, já que se serve principalmente para criar produtos e serviços. Muitas companhias têm utilizado o design thinking para pensar em soluções para problemas com seus clientes e desenvolver novas ferramentas. Na prática, significa inovar e não importa o ramo em que você atua e o tamanho de sua empresa.

O processo de design thinking geralmente é feito em grupo e dividido em fases, que apresentamos a seguir:

  1. Criar empatia

Entender quais são as necessidades das pessoas envolvidas no problema (consumidores e funcionários, por exemplo), do que precisam, do que gostam, o que querem;

  1. Definir

A partir da pesquisa acima, delimitar qual é o problema, o que precisa ser resolvido ou criado;

  1. Ideação

É a fase de brainstorm, em que as ideias e sugestões devem fluir sem censura, sem medo de errar;

  1. Criar protótipos

Escolher uma ou algumas ideias e criar protótipos. Pode ser um desenho, uma maquete feita com caixas reutilizadas e fita crepe, algo que simule o produto;

  1. Testar

Agora é hora de experimentar os protótipos e escolher o que faça mais sentido.

Se você é um empreendedor que utiliza o GuardeAqui para armazenar seus produtos e matéria-prima, mas busca inovação, reúna sua equipe em nossas salas de reunião com projetor, computadores e internet que você utiliza sem pagar nada mais por isso. Tem até cafezinho por nossa conta.

Fontes: Sebrae; Projeto Draft

Se você é empreendedor, sabe que não importa qual o seu nicho de mercado, a disputa pela atenção de novos clientes está cada dia mais acirrada. Por isso, encantar e impulsionar vendas deve ser uma busca diária de qualquer empresa. Aproveite o 15 de setembro, quando se comemora o Dia do Cliente, para surpreender e estreitar o relacionamento com os seus. Embora ainda não tenha apelo comercial comparável a outras datas comemorativas, esse dia também oferece oportunidades. Listamos a seguir algumas ações que podem ajudar.

– Ofereça promoções: Essa palavrinha mágica sempre atrai consumidores. Pode ser um frete mais barato ou desconto em produtos ou serviços. O importante é mostrar ao cliente que ele está sendo beneficiado neste dia especial;

– Prepare o estoque: Se for realizar promoções, não descuide do estoque. Não há nada pior do que não ter o produto para entregar. Antecipe a produção e deixe armazenada no GuardeAqui. Nossas unidades estão localizadas em áreas de fácil acesso;

– Faça propagandas referentes ao dia na internet: Promova postagens no perfil da empresa nas redes sociais sobre a data. E, se possível, realize pequenos investimentos, como anúncios pagos. Os consumidores estão cada vez mais conscientes de seus direitos e cobram por isso. Ajudar na conscientização mostra que a empresa é preocupada com esse aspecto;

– Mimos: Reúna alguns dos seus clientes em um café da manhã e aproveite para ouvir sugestões. Afinal, na correria do dia-a-dia nem sempre ficamos atentos ao feedback. O GuardeAqui disponibiliza salas de reuniões sem custo adicional. Você só precisa agendar um horário. Aproveite.

 

Fonte: Sebrae

Cada vez mais o GuardeAqui é procurado por empreendedores como espaço para armazenar equipamento, matéria-prima e estoques. Este é o caso de Juliano Ribeiro, sócio de um e-commerce de óculos de sol.

Ele conta que a empresa não tem um espaço físico, e por isso os objetos ficavam distribuídos entre a sua casa e a de seu sócio. “Tudo espalhado e meio bagunçado”, diz. O contato com o GuardeAqui veio por meio da mãe do sócio, que já utilizava um box para guardar itens pessoais.

“Ele já conhecia a unidade que escolhemos e achou a ideia interessante. Nós viemos para o GuardeAqui para organizar melhor o nosso negócio e ter um espaço para armazenar os óculos e organizar a logística”, conta Juliano.

Ele destaca também a facilidade de ter uma sala de reunião à disposição para encontrar os clientes sempre que necessário. “Nós agendamos um horário e podemos receber o cliente, com a vantagem de estar próximo aos nossos produtos. Acabou a reunião, é só levar de volta para o box”.

Se você está começando um negócio, é um pequeno empresário ou já tem empresa, mas precisa de espaço para crescer, fale conosco. Nós temos a solução.

 

Ter um espaço em shopping é o sonho de muitos empreendedores, mas nem todos possuem dinheiro suficiente para iniciar um negócio, reservar para capital de giro e cuidar do estoque. Alguns desses empreendedores começam com quiosques ou lojas pequenas nos centros de compras por conta do custo da locação, mas ainda assim falta espaço para o armazenamento, já que a área é dividida entre os funcionários e uma boa exposição.

O GuardeAqui é a solução para armazenamento de estoques e matérias-primas. Afinal, locar um de nossos boxes custa bem menos do que um espaço semelhante nos shoppings. Para se ter uma ideia, o aluguel mensal de um quiosque em shopping na cidade de São Paulo custa em média entre R$ 950 e R$1.300 o metro quadrado, segundo o portal Empreendedores.

Aqui, os produtos ficam guardados com vigilância 24 horas por dia e acesso controlado por senha individual. Nossas unidades estão em locais de fácil acesso, inclusive de shoppings. Somos uma ótima opção também para empreendedores de lojas maiores, pois ter o estoque em outro espaço permite uma melhor ambientação dos produtos, proporcionando uma experiência mais agradável aos potenciais clientes que forem até lá.

Faça uma simulação e confira o melhor custo-benefício.

Falamos sempre aqui das vantagens de se alugar um box, mas nada melhor que o próprio cliente para contar as suas experiências com o GuardeAqui. Hoje, traremos a história da empresária Luciana de Fátima Penso, proprietária da Inove Televendas, distribuidora de materiais de higiene e limpeza.

Há três meses ela utiliza um de nossos boxes para guardar todo o estoque de mercadorias. Segundo Luciana, antes de buscar um espaço para deixar os produtos, foi importante levar em consideração um conjunto de fatores. “Eu pesei os prós e contras de alugar um galpão na rua, por exemplo. Aí você põe tudo na ponta do lápis e vê que aqui, além do Wi-Fi, água, luz, sala de reunião, tem uma estrutura muito boa”, avalia.

Ela destaca que a proteção oferecida pela unidade escolhida e o acesso confiável pesaram na escolha do self storage. “Resolvi adotar esse espaço porque, além de seguro, é muito funcional, pois tem os carrinhos, os paletizadores e a segurança da senha para entrar e sair”, afirma.

Com isso, ela pôde movimentar o seu negócio deixando as mercadorias no box e seguir retirando conforme as vendas forem avançando. Essa é uma alternativa cada vez mais comum entre os empreendedores, pois os valores da locação são acessíveis e dá para reajustar o tamanho do box de acordo com a necessidade, diferentemente de galpões tradicionais. Não somente para guardar coisas, Luciana viu no GA a oportunidade de progredir com a Inove Televendas: “Escolhi aqui para iniciar minha empresa e iniciar bem”, completa.

Se assim como a Luciana, você precisa de espaço para guardar as mercadorias do seu negócio, conheça uma de nossas 25 unidades e garanta o seu #CadeadoAmarelo!

Organizar um box de auto armazenamento requer um pouco de planejamento e habilidade. O objetivo é usar todo o espaço de maneira eficiente e, ao mesmo tempo, manter acesso a seus itens, caso você precise deles enquanto estão guardados. Como fazer isso? Simples: basta usar algumas dicas que separamos para você. Preparado para descobrir? Então, vamos lá!

1 – Saiba o que você tem. Pode parecer simples, mas saber exatamente o que você está armazenando faz toda a diferença. Organize mentalmente suas coisas em uma unidade vazia. Assim, será possível ter uma noção de como aproveitar todo o espaço do box da melhor maneira;

2 – Seja cuidadoso. Organize a partir da parede do fundo em direção ao centro. Coloque o que você puder em caixas e combine bem os objetos – não deixe itens leves com os mais pesados. Embale o que for possível;

3 – Deixe um caminho aberto. Quando você estiver guardando seus bens, certifique-se de deixar um pequeno caminho pelo meio do box. Dessa forma, se você precisar recuperar algo mais tarde, não precisará retirar tudo para acessá-lo, mesmo que esteja arrumado na parte dos fundos do box. A princípio, pode parecer que o espaço para o caminho não está sendo usado efetivamente, mas no instante que você precisar encontrar algo, ficará feliz por existir essa passagem;

4 – Do mais alto para o menor. Os itens mais altos e volumosos, como móveis e caixas, devem estar mais próximos das paredes. Comece com os itens mais altos na parte de trás e os menores na frente, perto do corredor. Com isso, você terá uma visão mais clara do que está dentro do seu box à primeira vista e isso o ajudará a usar o espaço de maneira eficiente;

5 – Use caixas e embalagens. Como você deseja maximizar o espaço em sua unidade de armazenamento, é importante usar caixas que sejam uniformes e possam ser empilhadas. Assim, você utilizará todo a área vertical disponível;

6 – Dê nome aos seus pertences – É importante etiquetar caixas e embalagens, pois após alguns meses você não se lembrará onde estão seus objetos de cozinha ou sua coleção de discos. Uma alternativa é contar com aplicativos para registrar onde tudo está guardado, como já comentamos aqui.

Claro, temos uma sugestão ótima de app para isso: o nosso app, disponível para Android e iphone. Além de te ajudar a organizar seus pertences, você também pode anotar sua senha de acesso e ficar de olho na fatura.

Sejam móveis, brinquedos, coleções ou estoques, o GuardeAqui tem tudo o que você precisa para manter seus bens mais importantes seguros e protegidos. Conheça uma de nossas 25 unidades e venha para o #CadeadoAmarelo!

Estamos vivendo uma nova fase do trabalho, com mais pessoas virando empreendedoras, transformando a própria casa na sede do negócio e buscando parcerias para crescer. O Brasil nunca teve tanto empreendedores, seja pela necessidade (desemprego) ou pela vocação.

Independentemente do caso, um desafio que as empresas e empreendedores enfrentam é a falta de espaço ou a necessidade de otimizar aquele que já existe. Se você está começando um negócio ou já tem um, mas precisa de mais área livre, consulte as opões do GuardeAqui: nossas unidades são limpas e arejadas, muito diferentes daqueles galpões sombrios e distantes de tudo que vemos nos filmes.

Nossos boxes podem armazenar de documentos e mobiliário que são pouco acessados, até produtos e mercadorias diretamente ligados ao core business da empresa. Temos até salas de reunião disponíveis para quem precisa encontrar um fornecedor, falar com a equipe de colaboradores externos ou fazer bonito para um futuro cliente. E você não paga nada por isso, só precisa ser cliente para utilizar o benefício. Água e cafezinho também são por nossa conta.

Visite nosso site e saiba mais sobre essa facilidade.

A busca por uma vida mais saudável estimulou o desejo das pessoas por exercícios ao ar livre, na academia ou até mesmo em casa. Para isso, alguns contam com personal trainers para auxiliar essa rotina. Esses profissionais são responsáveis por elaborar treinos sob medida e incentivar seus alunos. Porém, entre uma aula e outra, é preciso espaço para guardar pesos, cordas, colchonetes, caneleiras, bola de pilates, paraquedas de corrida e outros equipamentos utilizados durante os treinamentos.

Nossos boxes a partir de 2m² são ótimos para abrigar todos esses materiais de trabalho, em um ambiente organizado e protegido. O acesso é fácil, pois são 25 unidades espalhadas em pontos estratégicos de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais além do Distrito Federal. Assim, quando for o próximo treino, é só entrar no box com senha exclusiva e retirar os pertences.

Na mesma onda, e-commerces de artigos esportivos também utilizam o GA como alternativa. Isso porque há espaço de sobra para guardar desde estoques de roupas esportivas, uniformes até aparatos de artes marciais, por exemplo. O box é monitorado 24 horas e a localização facilita a logística de distribuição dos produtos, atrativo principalmente para pessoas que estão montando sua loja virtual.

No GuardeAqui é assim, solução para todos os empreendedores. Conheça nossas vantagens e tenha o seu #CadeadoAmarelo!

Em um mundo cada vez mais digital, cresce o número de empresas e empreendedores focados no comércio de aparelhos eletrônicos, câmeras, sistemas de alarmes, placas de computadores, entre outros equipamentos. A tecnologia facilita uma série de processos no dia a dia, não por acaso, o setor movimentou US$ 47 bilhões em 2018, segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes).

É essencial, no entanto, ter um bom lugar para guardar todo o estoque de materiais. Seja para revendedores, lojas e-commerce, profissionais de TI ou freelancers, o GuardeAqui se tornou alternativa para ajudar esses empreendedores. A companhia é a maior empresa de self storage no País e tem instalações modernas de auto armazenagem.

Os espaços de 2m² até 100m² são reajustáveis de acordo com a necessidade. Ou seja, é possível alugar um box maior quando o estoque está cheio e ir reduzindo o espaço conforme as mercadorias forem sendo vendidas. O cliente armazena seus produtos e os retira a qualquer momento. Para facilitar isso, há carrinhos de transporte e plataformas gratuitas para movimentar os pertences com mais conforto e praticidade.

Sem contar nas condições de segurança: senha exclusiva, câmeras 24 horas e alarme individual no box. Além disso, o contrato de locação é mensal e não inclui despesas de manutenção, como conta de água, luz e IPTU.

Uma solução ideal para ser a “extensão” de qualquer negócio. Conheça uma de nossas 25 unidades e garanta o seu #CadeadoAmarelo!

Como você já sabe, o GuardeAqui é uma alternativa para famílias e empresas que precisam de espaço para guardar diferentes possibilidades. Nos boxes, dá para colocar mobília – enquanto acontece aquela reforma da casa -, roupas, coleções, objetos sentimentais, artigos de praia, estoques de lojas e produtos também cabem, tudo em um ambiente seguro e limpo. Agora o que talvez você não saiba é que o GuardeAqui pode ser opção para deixar materiais mais pesados, como: ferramentas, madeiras e ferragens de construção civil, estoques de pneus de revendedoras e até estruturas de pedágios! Sim, aqueles cabos e infraestruturas metálicas necessárias para implantação de cabines em rodovias.

Os espaços do GA são seguros e garantem a proteção desses equipamentos, proporcionado mais comodidade no armazenamento. Os tamanhos dos boxes vão de 2m² a mais de 100m², em 25 unidades espalhadas em cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, além do Distrito Federal. Entre as vantagens, o cliente conta com senha de acesso exclusiva, câmeras 24 horas de segurança e alarme individual no box. Ainda há carrinhos e plataformas gratuitas para a movimentação dos pertences.

Outro ponto interessante é na hora do contrato: mensal, sem prazo mínimo de permanência, nem despesas de manutenção, como conta de água ou luz. Assim, os clientes podem simplificar suas atividades do dia a dia sem preocupação.

Seja qual for a necessidade, o GuardeAqui cresce oferecendo soluções para todos os tipos de usuários. Ideal aos que precisam de uma alternativa tanto para casa como no trabalho para deixar seus materiais.

O GuardeAqui é muito mais que uma guarda móveis, é o maior e melhor self storage do Brasil com mais de 120.000m² de área e 25 unidades pelo país.